18/07/17

O LIVRE ARBÍTRIO E A LEI DA ATRAÇÃO

O LIVRE ARBÍTRIO E A LEI DA ATRAÇÃO

Muito se tem falado de Livre Arbítrio, mas poucas pessoas compreendem verdadeiramente o seu significado. Esse poder individual de cada um de nós é fundamental para que possamos viver a vida desejada.

Afinal o que é Livre Arbítrio, e de que forma ele condiciona o nosso processo de co-criação consciente?

No episódio desta semana do Life Performance® TV falo a relação entre Livre Arbítrio e a Lei da Atração.

Acompanhe agora o vídeo.



Você sabe respeitar o poder de decisão das outras pessoas? Partilhe a sua experiência nos comentários. A sua opinião é muito importante para mim.

PS - Se gostou deste artigo, partilhe-o com os seus amigos. Basta usar a barra lateral do lado esquerdo e escolher a sua rede social preferida ou então encaminhar via e-mail.

Forte Abraço,
LUIS ALVES

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

GOSTOU DESTE ARTIGO? A SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE PARA MIM.

DEIXE JÁ O SEU COMENTÁRIO

3 comentários:

  1. Gostaria apenas de comentar que eu já li alguns editoriais na internet criticando o conceito da Lei da Atração. Algumas pessoas olham com desconfiança o termo Lei da Atração porque os primeiros livros que começaram a divulgar esse conceito explicam que pensamento positivo atrai coisas positivas, e pensamentos negativos atraem coisas negativas. Para a nossa sociedade atual essa explicação não faz sentido, pois aprendemos na escola que os opostos se atraem. Então penso que deveríamos usar outros termos para nos referir a Lei da Atração afim de nos desprendermos do conceito científico de atração. Quando os autores falam em Lei da Atração, acho que deveriam dizer Lei da Materialização ou Manifestação, ou seja, a lei que faz com que as partículas se atraiam para formarem coisas no mundo. Não tem nada a ver com o conceito científico de positivo e negativo no qual os opostos se atraem, e sim com o conceito de que pensamentos bons materializam coisas boas. Como se o pensamento fosse a matriz de todas as coisas boas. Por isso prefiro o verbo materializar que o verbo atrair pois desta forma não esbarramos no termo científico de atração, o qual implica outras abstrações.

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lisandra, muito obrigado pela sua reflexão. A questão que fala está relacionada não com a lei da atração mas com a lei da polaridade (tudo tem polo positivo e negativo). A Lei da Atração determina que uma massa energética de determinada vibração atrai partículas semelhantes em volta na mesma sintonia. Isso é visível dentro da física quântica e outras vertentes científicas. A questão de que os "opostos se atraem" é voltada para a polaridade (equilíbrio) de uma partícula. Ela precisa de ambos os polos (positivo e negativo) para se sustentar. O princípio da Lei da Atração é diferente. As partículas ou massas energéticas atraem-se mutuamente numa questão vibracional até que atingem um ponto de saturação e começam a formar massas visíveis (manifestação). Um Forte Abraço.

      Eliminar
  2. Interessante o que você disse porque isso nem sempre fica claro em alguns livros e acaba abrindo espaço para críticas que tentam desconstruir o conceito da Lei da Atração.


    Obrigada!

    ResponderEliminar